sexta-feira, 18 de julho de 2014

Sem limites...

Triste, triste e com os nervos da família em frangalhos!
E esta gente achava acertado dar ali um saltinho a Simferopol.

2 comentários:

sintologoexisto disse...

Difícil para quem tem que voar, duro para quem fica na expectativa de que tudo corra bem. (pressuponho que o assunto subjacente seja a fatalidade do voo da Malasya Airlines na Ucrânia)

Papoila Bem Me Quer disse...

Coração de mãe (o da minha) anda apertadinho por saber a filha do lado de cá da cortina!