quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Não é só a Palmier...

… que tem uma empregada que podia ser  blogger. A minha está completamente in (eu até acho, e não sou a única, que a senhora trabalha para o KGB - as coisas que ela sabe e os livros que lê - sim, a minha empregada é supé supé e até traz livros para eu ler, também leva livros emprestados. A minha casa funciona assim como um banco de livros.)
Bom, mas ao que eu vinha era sobre a minha empregada que se não fosse empregada seria blogger. Ou então até é. A senhora é muito multi-tasking e extremamente empreendedora.

Após 32 horas sem descansar o corpo numa posição confortável e horizontal, chego a casa em modo zombie. Refiro que tenho que fazer uma sopa porque não me apetece mais nada. Sôdona blogger empregada, resolve tudo com um "Fazer sopa agora? Porque não vai ao Pingo Doce ou ao Jumbo COMPRAR uma sopa do take-away, não é de lata, é caseira, sem corantes nem conservantes. É muito boa mesmo. Mas as do Jumbo são melhores."

Até há uma semana atrás eu não conhecia este serviço take-away dos supermercados. Nunca tinha ouvido falar desta solução tão rápida e económica para uma refeição caseira. Foi a blogosfera que me retirou da ignorância onde eu vivia tão sossegadinha a achar-me supé moderna mas foi a minha supé blogger empregada que me levou a viajar para tal destino.

Apesar de todo este novo mundo do take-away gastronómico, tenho a concluir que, apesar de não ter experimentado as sopas do Jumbo, as do Pingo Doce (sopa de cenoura com maçã e aipo e sopa de legumes) não convenceram ninguém cá em casa. De volta aos tachos e panelas (cá em casa não há Bimby).

Next task: descobrir qual o blog de sôdona empregada. Ela anda aí.

2 comentários:

Cassandra disse...

Cheira-me que ela quis foi tramar-te! xD
Essa é que é essa... ahah!!

Papoila Bem Me Quer disse...

Acho que ela receou que eu lhe pedisse que fizesse uma sopa fora de horas )))))))