sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Nem mas, nem meio mas...




Voltei à carga. Cozi mais umas batatas, amassei-as e juntei à bendita massa dos pastéis de bacalhau. Foram ao forno e..., olha, ficaram comestíveis. Nada que me leve a repetir a experiência mas também não me deixaram KO.

4 comentários:

sintologoexisto disse...

Se lhe tem chamado de "bolos" em vez de "pastéis", a coisa tinha corrido melhor, porque "Papoila, querida, tu és mais bolos".
É uma questão de psicologia aplicada à gastronomia.
;)

Papoila Bem Me Quer disse...

Mas bolos de bacalhau não são doces!

sintologoexisto disse...

Eu disse psicologia por não ser uma ciência exata e objectiva. Mas, ok, também podia ter adicionado açúcar. (não é sugestão futura!)

Papoila Bem Me Quer disse...

A minha decisão foi mesmo deixar os pastéis para quem gosta e sabe.